Lombo de porco com molho de vinho e cuscuz marroquino

Domingo em casa é dia de caprichar na receita do almoço.E hoje, aind apor cima, é uma data especial. É o Dia dos Avós (26 de agosto). Essas figuras tão importantes para nossa educação,merecem todo o nosso carinho. Se você pode comemorar esse momento com os seus, aproveite e faça essa receita deliciosa. Ela tem ares de comida de restaurante, mas não é nada complicada. Para você ter uma ideia o utensílio principal é uma a panela de pressão. Experimenta!

 lombo

Lombo suíno ao molho de vinho tinto e cuscuz marroquino (rendimento para 8 pessoas)

Ingrediente:

1,5kg de lombo de porco

1 (750ml) garrafa de vinho tinto seco (malbec, ou marselan que usei na receita)

4 dentes de alho

1 cebola roxa média picada

1 ramo de alegrim (fresco ou seco)

1 caixa de tomate pelado

500 ml de água

Meia xícara de molho de tomate

Azeite de oliva

Sal a gosto

Uma pitada de canela

1 colher de sobremesa de cury

Modo de preparo

Bata no liquidificador, ou processador os dentes de alho, com sal, canela, curry,tomate pelado, alecrim e a cebola picada até obter uma pasta. Passe em todo o lombo e faça alguns furos com a faca para o tempero penetrar na carne. Coloque a carne dentro de uma tigela grande e derrame todo o vinho tinto sobre ela. Deixe marinar por pelo menos 15 minutos, ou quanto mais tempo melhor.

Em uma panela de pressão grande aqueça o azeite e doure bem o lombo dos dois lados. Acrescente todo o líquido da marinada, acrescente a água e deixe cozinhar por uma hora, depois de levantar a pressão. Retire o lombo da panela. Coe o molho e transfira a parte coada para uma pequena panela e vá reduzindo até conseguir um molho encorpado. Ná hora de servir é só corta o lombo em fatias finas e por o molho por cima.

 Cuscuz marroquino com pesto de castanha do Pará:

3 xícaras de cuscuz marroquino

1 xícara de uvas passas sem carroço

1 maço de folhas de manjericão

2 xícaras de castanhas do Pará

Azeite de oliva

250 grs de queijo parmesão

2 dentes de alho

Sal a gosto

Modo de preparo

Faça primeiro o pesto. Em um pilão de pedra, ou mini processador moa as castanhas, o queijo, o alho, manjericão e aproximadamente uma xícara de azeite de oliva. A textura você decide, se quer mais pastosa ou com pedacinhos. Reserve. Hidrate o cuscuz conforme as instruções da embalagem. Depois de hidratado acrescente as uvas passas e o molho pesto que você fez. Na hora de servir com o lombo coloque em uma xícara para dar um formato bonito.

 

 

Yellow Easy Food

O restaurante Yellow é um daqueles points gastronômicos da cidade que conquistam por unir um ambiente bacana, boa comida e preço justo. A decoração segue bem aquela estética descolada contemporânea com as paredes pintadas de preto, no estilo quadro negro, coberta com desenhos. O cardápio vem impresso nos jogos americanos da mesa. Famoso pelo seu happy hour e drinks refrescantes, tem uma boa trilha sonora, tocando principalmente indie rock. Me conquistou.

yellow

Agora abrindo para almoço é uma opção a mais na Pituba. Fui realmente querendo uma refeição rápida. Investi no cardápio executivo que por R$ 35, que inclui a possibilidade da escolha de uma proteína com mais dois acompanhamentos e sobremesa. Optei por um salmão grelhado com salada ao molho de quejo azul e risoto de cogumelos. Delicioso e em uma porção generosa.

yellow 2

De sobremesa a oferta do dia era sorvete de coco com uma palha italiana crocante. Nada mal para ele horário de almoço apertado, durante a semana de trabalho.

Vá lá: Rua das Hortênsias, 966, Pituba. Telefone (71) 3019-6800.

Quintas Bistrot

Uma forte tendência na gastronomia contemporânea ganha novos adeptos todos os dias ao redor do mundo. Chefs e cozinheiros abrem suas casas para receber convidados, na maioria desconhecidos,em jantares intimistas. Salvador não escapou a esse fenômeno. A cozinheira de mão cheia e produtora cultural, Kátia Najara (Katita para o mais próximos) criou seu Quintas Bistrot.

IMG_2660 (1)

Cantinho colorido para receber os convidados

 

Uma vez por mês ela prepara um menu especial, distruibui mesas na sala do seu chamoso apartamento, coloca um som feito pelo Dj Riffs e a magia acontece. O valor para participar é de R$ 85,incluindo entrada, salada, prato principal e sobremesa. Cada um fica livre para levar seu próprio vinho e a água é free. Kátia elabora pratos que misturam bem clássicos da gastronomia mundial com toques regionais.

Lustre em porcelada, uma relíquia e centro das atenções na sala do apartamento de Katita

Lustre em porcelada, uma relíquia e centro das atenções na sala do apartamento de Katita

IMG_2662

As mesas podem ser tanto para dois quanto coletivas, o papo sempre rola solto

Na edição mais recentes, realizada no dia 4/06, os comesais tiveram no menu: cubos de peixe com panko (uma farinha de pão japonesa) acompanhado de molho aioli; salada de maça e feijão verde, molho de queijo azul e ervilha torta, tudo fresquinho; o prato principal me conquistou, nhoque de mandioquinha com molho de carne seca. Para encerrar o surpreendente e exótica musse de pinha (fruta do conde) que levou cardamomo e coco.

IMG_2667

Entrada: cubos de peixe com farinha de panko e molho aioli

IMG_2669

Salada de maçã e feijão verde, com ervilha torta, molho de queijo azul e erva doce

No

Noque de mandioquinha com ragú de jabá (carne seca)

Musse de pinha

Musse de pinha

 

Ficou com vontade de partcipar? Basta curtir a página no facebook Pitéu_Cozinhafetiva. A Kátia lança lá o cardápio com antecedência e as reservas também são feitas ali também. Vale muito a experiência, difícil vai ser não querer repetir a dose todos os meses.

IMG_2654

Carregar Mais