Nossa programação para o fim de semana

Como prometido, toda sexta-feira tem aqui nosso pequeno guia com dicas culturais para o fim de semana. Fã de cinema como sou, começo logo pelo filme imperdível da semana: O homem irracional. Perto de completar 80 anos, Woody Allen é um cinesta incansável. Todos os anos lança pelo menos um longo. Esse estrelado por Joaquin Phoenix e Emma Stone (a nova queridinha do diretor) não é uma comédia habitual. Woody fez um suspense dramático, com toques de humor negro, sobre um professor de filosofia, existencialista, desestimulado com a vida e o seu envolvimento com uma jovem  aluna romântica. Para reencontrar a alegria de viver, o personagem de Joaquin cria um plano inustado e criminoso. Desde o início, pela narração em off, a gente já fica sabendo que aquela história tem algo de errado.

o-homem-irracional_t98900_jpg_290x478_upscale_q90

Agora se você prefere ficar em casa descansando, uma sugestão é ver no Netflix a série Narcos, que acabou de estrear. Dirigida por José Padilha e estrelada por Wagner Moura retrata a vida de um dos maiores traficantes do mundo, o colombiano Pablo Escobar. Ele controlou entre os anos 70 e 80 uma organização criminosa, extremamente cruel  que o acumular uma fortuna bilionária.

narcos_31-e1438109543183-750x380

E para quem gosta de boa música , o Festival Sangue Novo, que acontece nesse sábado dia 29, é um prato cheio. Como o próprio nome já entrega, o evento trará para Salvador o som de novas bandas e cantores da MPB. O festival nasceu do programa da Globo FM apresentado pelo jornalista Hagamenon Brito todas às quintas-feiras, às 9 da noite. Serão 8 horas de shows comandados por Céu, Filipe Catto, Marcia Castro e Dão, além da banda Vivendo do Ócio. O local escolhido foi o Museu Du Ritmo , no bairro do Comércio. Os ingressos já estão à venda nos balcões da Ticketmix e custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). É correr pra garantir!

festival_sangue_novo_completo

Para curtir o final de semana

Música, teatro, dança, literatura e gastronomia agitam o centro da cidade. O IC – Interação e Conectividade reuni tudo isso tendo como palco o Teatro Gregório de Mattos, Cinema Glauber Rocha e Espaço Cultural Barroquinha. O ingressos custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). O evento começou na última quarta-feira e vai até o domingo. Para fica por dentro de toda a programação basta acessa o icencontrodeartes.com.br 

O destaques desse fim de semana ficam por conta do projeto Pitéu Cozinha Afetiva, comandado pela cozinheira Kátia Najara. Ela instalou um restaurante temporário no primeiro andar do Cinema Glauber Rocha. No cardápio pratos regionais com toques contemporâneos, cervejas artesanais e outras delícias. Simplesmente imperdível. Fuciona tanto para almoço, quanto para o jantar. Aceita dinheiro e cartão de débito.

A cozinheira Kátia Najara comanda o Pitéu Cozinha Afetiva no Cinema Glauber Rocha

A cozinheira Kátia Najara comanda o Pitéu Cozinha Afetiva no Cinema Glauber Rocha

Dentre tantos espetáculos escolhi o show da Karina Buhr. Novo talento da música brasileira  apresenta em Salvador uma homenagem a antológica banda Secos & Molhados. A apresentação será no sábado, dia 22 de agosto, às 21 horas no Espaço Barroquinha.

Karina Buhr canta Secos&Molhados

Karina Buhr canta Secos&Molhados

O clássico “O pequeno príncipe” marcou gerações de leitores e extrapolou a classificação de livro infantil. Ele retorna as telas dos cinemas em uma nova adaptação para crianças e adultos.Garota solitária desenvolve amizade inesperado com um vizinho idoso e acaba se encantando com a história, que ele lhe conta, sobre um jovem príncipe que vive em um pequeno planeta. Um programa para a família toda.

poster-do-filme-o-pequeno-principe-1435159970243_956x500

Dicas culturais para o fim de semana

É imperdível ver esse fim de semana a exposição: “Bahia é África também”. Uma bela mostra de obras de arte produzidas em mais de 15 países africanos. São máscaras, objetos decorativos, estuetas, amuletos, tudo colecionado ao longo de 35 anos pelo italiano Claudio Masella. Claudio doou todo o seu acervo para  a Bahia, que pertence ao museu Solar Ferrão, no Pelourinho.

 


  
Agora reunidas na galeria do Palacete das Artes a variedade de itens ocupam todo o espaço, devidamente distruibidas por temáticas e identificada a origem e o significado. Em sua maioria são peças do século XX, que ajudam a entender as influências da cultura africana na arte brasileira e também em outros movimentos artísiticos europeus como o cubismo. As cores e formas surpreendem. No primeiro andar da sala de exposição não deixe de prestar atenção às máscaras de animais, produzidas na Costa do Marfim, cujo design e refinamento no acabamento são impercáveis.

 

Uma das máscara da Costa do Marfim que me chamou atenção

Serviço
Exposição “Bahia é África Também”
Data: de 4 de agosto a 25 de outubro
Local: Palacete das Artes (Graça-Salvador)
Visitação: terça a sexta, das 13h às 19h; sábado, domingo e feriado, das 14h às 19h.
Ingresso: Grátis

samba-1

O que não pode faltar no fim de semana é um bom filme. Assisti e gostei muito da película francesa “Samba”. Apesar do título, não tem nada a ver com o ritmo musical, esse é o nome do personagem principal vivido por Omar Sy, que se tornou um astro depois do filme “Os invencíveis” (cujos diretores são os mesmo de “Samba”). Ele é um imigrante senegalês inlegal vivendo em Paris, que luta para permanecer na França. Para isso ele conta com a ajuda de um voluntária de uma ONG, interpretada por Charlotte Gainsbourg. O grande trunfo da obra é falar de um tema sério, com honestidade, mas com muito humor. Uma ótima opção leve e iteligente para uma tarde de sábado.

Carregar Mais